Projeto Ciências Forenses na Escola



O PROJETO CIÊNCIAS FORENSES NA ESCOLA teve início em 2012 por iniciativa da Seção de Computação Forense em parceria com a Escola de Governo e Secretaria de Estado da Educação.

Inicialmente o projeto tinha como objetivo geral subsidiar os educadores com ferramental e conteúdo cativantes e inovadores vinculado às Ciências Forenses que pudessem ser agregados ao conteúdo curricular das escolas. Bem como, buscar a conscientização de professores e alunos – alcançando também seus pais e responsáveis – sobre seus direitos e deveres, mostrando como exercê-los, informando sobre a estrutura, funcionamento e importância da Polícia Científica do Paraná.

A iniciativa foi desenvolvida, normalmente, com crianças e jovens do ensino médio e adultos, mas também atingiu crianças do ensino fundamental que se interessaram pelos mistérios e enigmas das Ciências Forenses.

O projeto foi dividido em três etapas básicas. Na primeira etapa, foram criados planos de aulas para que os professores das mais variadas disciplinas pudessem usar as Ciências Forenses para tornar suas aulas mais cativantes e lúdicas. Este material foi lançado como Projeto Ciências Forenses na Escola vinculado à Coleção Problemas em Quadrinhos do Portal Multimeios.

A segunda etapa, consistiu no trabalho de conscientização da população através de palestras sobre o Uso Responsável de Computadores, a mala direta com dicas de segurança na internet e divulgação de materiais preventivos em parceria com a Safernet. Participando nos eventos do Comitê de Tecnologia e Dignidade Humana da SEJU e o Dia da Internet Segura.

Para a terceira etapa foi prevista a criação de uma exposição itinerante onde professores, alunos e pais seriam convidados a percorrer diversos cenários com mistérios a serem solucionados utilizando o método científico e as Ciências Forenses (etapa em fase de captação de recursos).

No ano de 2014 foi percebida uma mudança no perfil de exames solicitados aos laboratórios de Computação Forense do Instituto de Criminalística do Paraná: o aumento de casos relacionados a crianças e adolescentes ocasionados pelo mau uso de recursos computacionais. São casos que vem preocupando os peritos da área e que apresentam características similares entre si, pois envolvem imagens ou vídeos de jovens em situações de nudez (Sexting), com o envio deste material para pessoas ou grupos de pessoas através de aplicativos como o Facebook e de conversação como o WhatsApp e SnapChat.

Preocupados com este e outros perfis de uso que podem oferecer riscos às crianças e adolescente, o Projeto Ciências Forenses na Escola ganhou uma nova frente de trabalho denominada Diálogos sobre Segurança na Internet. Esta nova frente buscou as escolas para informar e conscientizar crianças, jovens, pais, professores, enfim, a população em geral sobre os perigos do mau uso do ambiente tecnológico.
 
Em 2016, outra situação alarmante levou a criação de mais uma frente no Projeto Ciências Forense na Escola, chamou atenção que o uso indiscriminado da tecnologia potencialmente estaria causando danos a saúde de crianças e adolescente. Diante deste problema foi criada a palestra Uso Responsável de Computadores: uma questão de Saúde Pública para conscientizar a população sobre o uso indiscriminado da tecnologia. Assim, o que era uma questão de Segurança Pública passou a ser também uma questão de Saúde Pública. O público-alvo desta palestra inicialmente voltada para escolas, passou também a ser requisitada por empresas, hospitais, entre outros.

COMO SOLICITAR AÇÕES DO PROJETO CIÊNCIAS FORENSES NA ESCOLA

Para solicitar palestra do Projeto Ciências Forenses na Escola basta mandar ofício para o correio-eletrônico computacao@policiacientifica.pr.gov.br (Clique aqui para baixar modelo de ofício).

O calendário de palestras agendadas está disponível para download (Clique aqui para baixar o calendário de palestras).

COMO FAZER O CADASTRO PARA RECEBER DICAS DE SEGURANÇA

Se você deseja receber por e-mail e/ou mensagem de celular dicas de segurança, envie e-mail com seu Nome, Telefone Celular e e-mail para o correio eletrônico computacao@policiacientifica.pr.gov.br. Ao encaminhar a solicitação você está expressamente autorizando a Polícia Científica do Paraná a lhe encaminhar mensagens com Dicas de Segurança.

COMO OBTER OS MATERIAIS DO PROJETO CIÊNCIAS FORENSES NA ESCOLA

Acesse aqui:
História em Quadrinhos do Projeto Ciências Forenses na Escola.
Cartilha de Segurança na Internet.
Cartilha de Orientação de crianças e adolescentes.

Disponibilizamos ainda, um modelo de regulamento para o uso responsável do computador em ambientes corporativos.
Acesse aqui:
Regulamento do Ministério Público do Paraná sobre uso de computadores no ambiente corporativo.
Quer receber orientações gratuitas sobre os perigos da internet?
Acesse aqui:
http://new.safernet.org.br/helpline

PRECISA DE ORIENTAÇÃO SOBRE CRIMES E VIOLAÇÃO DE DIREITOS NA INTERNET?

A SaferNet Brasil oferece o serviço de ajuda por meio de chat e e-mail às pessoas que estejam passando por alguma situação que ocasione danos a você ou a terceiros na internet. O serviço pode ser acessado através do site http://new.safernet.org.br/helpline

Caso seja vítima de algum crime procure a Delegacia de Polícia mais próxima de sua casa.
Procure salvar e registrar o maior número de informações possíveis:
1) Faça um printscreen, filme ou fotografe a tela do computador, salve a página de interesse ou documento. Anote informações de endereço, data e hora. Se possível imprima o conteúdo.
2) Vá a um cartório e registre uma ata notarial do conteúdo.
3) Notifique o provedor de serviços para que preserve o conteúdo do ambiente computacional.
4) Procure uma Delegacia de Polícia mais próxima de sua residência.
Recomendar esta página via e-mail: