Retrato-falado

A Seção de Retrato-falado do Instituto de Criminalística do Paraná está localizada na sede Curitiba do órgão e conta com o trabalho de Peritos Criminais de carreira e especialistas em Representação Facial Humana para a realização dos trabalhos.

Assim como os demais exames realizados pelo Instituto, os retratos-falados são realizados mediante solicitação das autoridades por ofício, ou via telefone e/ou rádio em casos emergenciais.

Os retratos são confeccionados utilizando-se técnica mista de desenho artístico e acervo fotográfico de partes do rosto. Esta técnica confere ao processo a não obrigatoriedade de uma descrição pura e simples, visto que a vítima/testemunha baseia-se em acervo fotográfico para realizar uma comparação entre a imagem que está vendo e aquela que tem formada em sua mente por decorrência do contato visual previamente travado.

A qualidade do retrato-falado depende principalmente da capacidade de observação da vítima/testemunha que está prestando as informações; e os detalhes mais importantes para a confecção de um bom desenho são as características dos olhos, do nariz e da boca do rosto a ser desenhado, o chamado “triângulo do rosto”. A não observação de alguma dessas áreas prejudica a eficiência do desenho; a não observação de duas impossibilita a realização do retrato.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 
 
 
 
 
Recomendar esta página via e-mail: